quarta-feira, 21 de setembro de 2011

CSU de Camaçari ganha Balcão de Justiça e Cidadania




O Centro Social Urbano (CSU) de Camaçari, localizado no bairro do Gravatá, ganhou o Balcão de Justiça e Cidadania. Trata-se de uma parceria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Secretaria do Desenvolvimento Social e Combate a Pobreza da Bahia (Sedes) e  Universidade do Estado da Bahia (Uneb), e  conta com o apoio da Prefeitura Municipal.
Cerca de 20 pessoas serão atendidas diariamente com serviços de assessoria jurídica gratuita prestada por estudantes e professores de Direito do campus da UNEB em Camaçari. A unidade presta orientação jurídica, mediação de conflitos e palestras, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h.
O secretário de Desenvolvimento Social, Carlos Brasileiro, elogiou a iniciativa e destacou que o serviço social prestado garante cidadania, sobretudo aos que mais precisam de apoio. O juiz da Comarca de Camaçari, Sérgio Augusto Borges, informou que o trabalho tem um forte cunho social e que o TJ-BA pretende estender a parceria com a UNEB.
O reitor da UNEB, Lourisvaldo Valentim, informou que os estudantes e professores estão felizes com a implantação do Balcão de Justiça, pois eles poderão desenvolver um trabalho social importante no Município. Já o prefeito Luiz Caetano disse que o Balcão de Justiça é muito importante para a população carente do Município, pois oferece serviços jurídicos gratuitos, que “elevam a autoestima e garantem a cidadania da comunidade”.
Também estiveram presentes na inauguração a Superintendente de Assistência Social da Sedes, Angela Gonçalves; o coordenador de Ações Intersetoriais, Osmário Santos; o deputado estadual Bira Coroa (PT), juízes, professores, outras autoridades, e representantes da sociedade civil.

Um comentário:

  1. Parabens ao CSU-Camaçari, a toda comunidade Camaçariense ao Ilustrissimo Secretario CarlOs Brasileiro e equipe de trabalho por este maravilhoso instrumento de cidadania, onde o cidadão cada dia mas vê seus direitos asegurados nas açoes desta secretaria.

    ResponderExcluir